O que não podemos deixar de fazer no financeiro em tempos de crise?

Em tempos de crise, sobrevivem as empresas que possuem maior resiliência, capacidade de adaptação e sobretudo organização financeira.

Mas afinal, o que uma empresa não pode deixar de fazer no seu financeiro para superar tempos de crise?

Nesse conteúdo, a Near You BPO separou algumas dicas que podem contribuir significativamente para empresas que desejam  atravessar momentos de crise econômica e de queda nas vendas com maior tranquilidade.

1.Negocie com fornecedores

Se a crise bateu na porta, é hora de pensar em uma ampla reorganização financeira. Sendo assim, faça um levantamento de todos os débitos em aberto com fornecedores.

Com o levantamento em mãos, entre em contato com cada fornecedor e busque alternativas para flexibilizar o pagamento dos débitos, como por exemplo, prazos maiores para pagamento.

2.Faça um levantamento de custos e despesas

Faça também, um levantamento com todos os custos e despesas da empresa, a fim de obter um retrato de tudo o que está saindo do caixa.

Em seguida, faça uma análise criteriosa, questione o motivo de cada custo ou despesa e procure eliminar aqueles que não são considerados essenciais para a sobrevivência da empresa.

Com base no levantamento de custos e despesas da empresa, procure identificar também, tudo aquilo que apesar de necessário, pode ser reduzido momentaneamente, para que a empresa ganhe fôlego de caixa.

3.Acompanhe a evolução do fluxo de caixa

O fluxo de caixa nos permite conhecer com antecedência a posição futura do caixa em relação às receitas e despesas que estão por vir.

Com base na análise das suas informações e evolução, é possível identificar com antecedência, pontos críticos e definir estratégias para reequilibrar o caixa da empresa.

Confronte as receitas e despesas futuras e tenha uma previsão para o caixa da empresa no curto prazo, verifique se será possível honrar todos os compromissos e trace estratégias para equilibrar o volume de recursos disponíveis em caixa.

4.Busque alternativas para geração de caixa

Se você já negociou prazos com fornecedores, reduziu ou eliminou despesas de menor importância e ainda assim enfrenta dificuldades e uma previsão pessimista para as finanças da empresa, é preciso pensar em alternativas do outro lado da moeda.

Em tempos de crise, as empresas precisam demonstrar forte capacidade de adaptação e resiliência. Assim sendo, é preciso pensar rápido e encontrar alternativas que possam contribuir para a geração de caixa.

Ofereça novos produtos e serviços, defina novas estratégias de vendas, conquiste novos clientes.  Encontre alternativas para aumentar as receitas e garantir o equilíbrio financeiro dos negócios.

5.Separe as finanças pessoais das empresariais

Por fim, recomenda-se ainda a completa separação das finanças pessoais dos sócios e do proprietário das finanças da empresa.

Aqui no Brasil, é muito comum encontrarmos empresas que não possuem um financeiro completamente independente das finanças pessoais dos seus proprietários, o que é definitivamente um péssimo negócio.

Para garantir uma boa organização financeira e planejamento adequado, é essencial que as finanças empresariais não se confundam com as finanças empresariais.

O caixa da empresa não pode ser utilizado para custear diretamente as despesas dos seus sócios ou proprietários.

Segundo as boas práticas, os responsáveis por uma empresa, precisam receber um pró-labore mensal, em valor previamente definido, em conta corrente distinta da empresa.

Mantenha o equilíbrio da sua empresa em tempos de crise, conte com a Consultoria Financeira da Near You BPO.

Telefone: (11) 2182-7512 / (11) 95402-4267

E-mail: comercial@nearyou.com.br
Horário de Atendimento: Segunda a Sexta-feira 09:00 às 12:00 – 13:00 às 17:00

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *