Como montar um bom planejamento orçamentário

Você sabe por onde começar e como montar um planejamento orçamentário completo e assertivo para a sua empresa?

O planejamento é uma das peças chaves para toda e qualquer empresa que almeja alcançar o sucesso, atingir seus objetivos e evitar ao máximo os imprevistos.

Por sua vez, quando falamos da parte financeira dos negócios, temos no planejamento orçamentário um pilar fundamental para garantir o financiamento das operações de uma empresa em determinado período, incluindo o equilíbrio do seu fluxo de receitas, despesas e fluxo de caixa.

O que é planejamento orçamentário?

O planejamento orçamentário, nada mais é que um plano financeiro dinâmico, utilizado para estimar as receitas e despesas de períodos futuros, servindo como base de apoio para tomada de decisões importantes.

Os planos orçamentários costumam ser elaborados para cada período de 12 meses, mas também podem ser divididos em partes menores, como orçamentos trimestrais e mensais que devem incluir todas as fontes de receita, ou receita, previstas por uma empresa no período em questão.

Com o apoio desse tipo de planejamento, as empresas podem estabelecer metas, definir limites e prioridades de forma mais assertiva, ou seja, com maior precisão e eficiência.

Agora que você já sabe o que é um planejamento orçamentário, continue conosco e confira algumas dicas para montar o orçamento da sua empresa.

1.Tenha uma previsão de receitas

Um plano orçamentário é dividido basicamente em duas partes: Receitas e Despesas. 

Sendo assim, nada melhor do que começar o planejamento estimando as receitas para o período em análise.

Para isso, você pode calcular uma média das receitas dos anos anteriores, levando em consideração ainda, as tendências do mercado e a situação econômica do país.

Seja realista ao ponto de minorar suas previsões em caso de dúvidas e incertezas. Quando tratamos de receitas, é melhor errar para baixo.

2.Monte uma previsão de despesas

De forma semelhante, monte agora uma previsão de despesas, levando em consideração a média dos anos anteriores e as despesas que já podem ser refletidas para períodos futuros, como despesas com folha de pagamento, empréstimos e financiamentos.

Para montar uma previsão de despesas assertivas, considere todos os custos fixos e variáveis do negócio, incluindo despesas com pessoal, insumos, estoques, materiais de escritório, contas de consumo e impostos.

Quanto maior o nível de detalhamento da previsão de receitas, mais próximo da realidade será o seu planejamento orçamentário.

3.Estabeleça metas e monitore o orçamento

Por fim, você deve estabelecer metas e monitorar de perto o planejamento orçamentário da sua empresa para ter a certeza de que nada está saindo do planejado.

Caso perceba em determinado momento, que as metas podem não ser alcançadas, revise o orçamento e encontre caminhos para correção, seja pelo acréscimo de receitas ou redução de determinados custos.

Com um orçamento bem detalhado, metas definidas e um acompanhamento contínuo, dificilmente a sua empresa passará por problemas de ordem financeira.

Precisando de apoio para montar o planejamento financeiro da sua empresa? Conte com a Near You BPO, entre em contato conosco!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *