Vem aí nova tecnologia para sepultar as tarifas de TED e DOC!

Vem aí nova tecnologia para sepultar as tarifas de TED e DOC

Compartilhe nas redes!

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

O Pix vem aí para sepultar as tarifas de TED e DOC

Até a Ana Paula Arósio voltou à TV para apresentar os benefícios. Você ainda vai ouvir falar do novo sistema do Banco Central.

Quem se lembra da Ana Paula Arósio em propaganda de empresa de telefonia? A atriz passou anos reclusa, mas voltou com força total nesta semana para promover uma novidade que ainda vai dar o que falar: o Pix. Três letrinhas que identificam a nova tecnologia de pagamentos do Banco Central. Por enquanto não quer dizer muita coisa, mas todo mundo estará falando disso até o fim do ano.

Pudera: será digital e de graça para pessoas físicas. Ele foi desenhado para sepultar de vez o TED e o DOC, aqueles métodos de pagamento que geralmente nos custam alguns reais, a depender da relação com banco. Não há motivos para não aderir. Agora as instituições começam a correr atrás dos consumidores. E é por isso que hoje eu trago uma boa e uma má notícia.

A boa notícia: mais barato, conveniente e inovador

Banco não costuma brincar em serviço. Se todos os maiores conglomerados financeiros estão na fila para usar o Pix, significa que será mais barato não somente para os consumidores, mas também para quem opera o sistema. O Banco Central vai cobrar dos bancos um centavo a cada dez transações Pix, enquanto as modalidades anteriores saíam a até sete centavos por operação. Nem se compara.

Ao mesmo tempo, será de graça para as pessoas físicas, bastando iniciar a operação diretamente no aplicativo do banco ou instituição de pagamento. Mais fácil do que fazer um DDD, diria Ana Paula no comercial televisivo. Cada cliente poderá associar o número de telefone a uma agência e conta, o CPF a outra agência e conta, o email a uma terceira agência e conta, e assim sucessivamente. Serão as chamadas chaves Pix. Não será preciso mais memorizar uma penca de números, pois um só identificador dará conta do recado.

Já as empresas e os profissionais autônomos precisarão se informar sobre os pacotes e tarifas que lhes serão oferecidos. A tendência é que barateie para todos.

A cena soará familiar para muita gente: um amigo liga no meio do sábado pedindo uma graninha emprestada e você até se compromete a liberar a bufunfa. No entanto, ao abrir o sistema do banco, percebe que só deve cair para ele na segunda-feira. Terrível, você se sente na Idade da Pedra.

O Pix digitalizará a vida dos brasileiros. O sistema opera 24 horas por dia, sete dias por semana. O chefão do setor responsável pela novidade, Carlos Eduardo Brandt, me contou que a maioria das operações deve ser concretizada em questão de dez segundos, se tanto.

O BC também sustenta que importantes sistemas antifraude estão embutidos na plataforma. Aqui vale a mesma orientação de quando abordei os pagamentos por aproximação: a instituição é responsável por checar o ocorrido e o usuário não pode ser responsabilizado pelos problemas.

Se tudo der certo, o Pix abrirá caminho para digitalizar de vez os hábitos de consumo. Imagine chegar numa loja e realizar a compra ao apontar a câmera do celular para um QR Code. Será possível com a nova tecnologia. Os pagamentos iniciados por mensageiros como WhatsApp também poderão se aproveitar do Pix para que sejam rápidos, eficientes e simples de operar.

A má notícia: confusão neste comecinho

Nem todos os detalhes sobre o funcionamento do Pix estão claros para os jornalistas que cobrem o setor, então que dirá para os consumidores? Voltemos ao comercial da Ana Paula na televisão. Ele promove um produto financeiro chamado Santander SX. Ao ler as letras miúdas, o cliente descobre que se trata na verdade de um “programa de benefícios”. Ora, ora: o Pix deveria ser uma modalidade de pagamento. Então o que uma coisa tem a ver com a outra?

Eu fui atrás do banco para entender o que se passa. No entanto, o Santander prefere manter o mistério: diz que os detalhes do tal programa serão anunciados mais para frente. Como pode o cliente manifestar interesse num serviço cujos detalhes são desconhecidos? Este é o cerne da questão. Fontes no setor afirmam que, se bobear, nem mesmo o conglomerado espanhol sabe dos pormenores.

Fato é que as instituições participantes do Pix deverão oferecer transações e pagamentos independentemente de adesão a “programa de benefícios”. Tenha isto em mente caso o seu gerente te ligue convidando para fazer um cadastro.

Por sinal, o tal cadastro pode se tornar outra dor de cabeça. Empresas como o próprio Santander e o Banco Inter estão chamando os clientes para se cadastrarem no Pix. Na realidade, trata-se de um formulário prévio. O departamento de comunicação do BC explicou à coluna que as instituições bancárias até são responsáveis por gerar as chaves Pix, mas o aceite só poderá ser dado pelo consumidor em 5 de outubro.

Em outras palavras: qualquer coisa antes desta data não será oficial. Fique atento para não comprar gato por lebre. O cronograma atual estabelece que todo o sistema estará funcionando a pleno vapor em 16 de novembro. Caso você queira testar, eu me coloco à disposição para receber um dinheirinho na minha conta.

Fonte: Techtudo

Fique por dentro de tudo e não perca nada!

Preencha seu e-mail e receba na integra os próximos posts e conteúdos!

Compartilhe nas redes:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Posts Relacionados

Saiba Como Elaborar Um Planejamento Financeiro Para Seu Negócio - Terceirização de Serviços Financeiros | Near You

3 Motivos para contratar um BPO Financeiro

Por que contratar um BPO Financeiro é a melhor opção para o seu negócio? Quais são os principais benefícios ou motivos para contratar um BPO Financeiro? Talvez, os serviços em BPO Financeiro ainda são uma novidade para você e para

5 Vantagens De Terceirizar A Gestão Financeira De Sua Empresa - Terceirização de Serviços Financeiros | Near You

Saiba como ter uma boa gestão financeira para sua empresa

Como conquistar uma gestão financeira eficiente para a sua empresa? Quais são os principais benefícios da gestão financeira no mundo dos negócios? A gestão de recursos e processos financeiros é um dos mais importantes pilares para o sucesso dos negócios

O Que E Bpo - Terceirização de Serviços Financeiros | Near You

O que é BPO Financeiro?

Você sabe o que significa um BPO Financeiro? O assunto tem conquistado cada vez mais espaço no mundo dos negócios e pode ser a solução perfeita para as necessidades da sua empresa. Nesse conteúdo, a Near You explica em detalhes

Precisa de uma contabilidade que entende do seu negócio ?

Encontrou! clique no botão abaixo e fale conosco!

Recomendado só para você
AProcuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) regulamentou a Transação Excepcional para…
Cresta Posts Box by CP
Back To Top
Open chat